Últimas Notícias
06/03/2015
Diretoria da FITERT solicita e deputado reapresenta projeto da identidade profissional dos radialistas
O deputado federal André Moura (PSC/SE) reapresentou no último dia 25 de fevereiro o projeto de lei que complementa  à Lei 6.615/1978 ( Lei do Radialista) a obrigatoriedade da carteira de identidade profissional da categoria.
 
A propositura já havia sido apresentada anteriormente – em 2006 pelo ex-parlamentar Maurício Rabelo (PL/TO),  em  2007 pelos deputados Cristiano Matheus (PMDB/AL) e Manuela D'Ávila (PCdoB/RS) Entretanto  O lobby patronal, vem impedindo a colocação da proposta em votação no plenário da Câmara. A retomada da proposição foi articulada em diálogo com a diretoria da FITERT.
 
Na legislatura passada, em outubro de 2013, o texto proposto por Manuela D'Ávila chegou a ser aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara.
Os patrões, no entanto, se articularam para que a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) votasse contra a proposta em agosto do ano passado, inviabilizando um sonho da categoria dos radialistas.
 
Com a aprovação da Lei, os radialistas de todo o Brasil passarão a ter a carteira nacional de radialista servindo como documento de identidade pessoal e profissional com validade em todo o território nacional.
 
Outras categorias já têm esse direito, como advogados, jornalistas, engenheiros e contadores. A direção  da FITERT ressalta a importância deste  documento para a categoria.
 
Desde o inicio do mês já esta nas ruas a Campanha Nacional pela aprovação do projeto da Carteira Nacional do Radialistas, articulada com os sindicatos filiados. A ideia é assegurar que  os deputados se comprometam, por escrito, com a defesa do projeto na Câmara. Em todo brasil dirigentes dos sindicatos dos radialistas  estão se mobilizando nos estados para pressionarem os deputados a apoiar o pleito dos radialistas. A Federação e os sindicatos se comprometem a informar a categoria quem é contra e quem é a favor. "A força da categoria, que todos os dias transmite à população informações de norte a sul e de leste a oeste do país, e por meio dos veículos de maior alcance comunicacional, o rádio e a televisão, nos levará à vitória, tenho certeza", afirmou o coordenador da FITERT, José Antônio Jesus da Silva.
 
"A carteira de identidade profissional valoriza a profissão dos radialistas do Brasil e é muito importante para todos. Além disso, mostra que somos uma classe organizada e comprometida com nossas funções. O deputado André Moura está sempre atento e o consideramos um defensor dos radialistas brasileiros na Câmara Federal", afirma o secretário de política sindical da FITERT e presidente do sindicato sergipano dos radialistas, Fernando Cabral.


Fonte: Da redação.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
« voltar 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 avançar »


SEDE - Brasília DF
SCS QD. 06 Bloco A, Nº 141, Edifício Presidente sala 206/208 - CEP: 70.327-900 - Asa Sul, Brasília/DF
Telefone:(61) 3963-1065