Últimas Notícias
24/09/2015
Comemoração de 21 de setembro em Salvador supera todas as expectativas
A festa do Radialista, que todos os anos congrega  dezenas de trabalhadores, este ano foi comemorada no dia 19 de setembro, homenageando o Dia do Radialista (21/09), que está retornando à sua data de festejos na capital baiana, como era inicialmente, antes que uma lei  sancionada sem consulta aos Radialistas fosse aprovada, passando a data para 7 de novembro em homenagem a Ary Barroso.  Para Edmundo Filho, representante do governo do estado , o evento se fortalece à medida que tem mais participação dos profissionais. “É uma confraternização, um reconhecimento e uma homenagem a todos os trabalhadores de Rádio, TV e Produtoras de Áudio e Vídeo, que prestigiam a festa”, declarou.  O vereador e Radialista, Leandro Guerrilha , afirmou que é uma alegria saber que a família da Comunicação se reúne neste dia e le mbrou da extrema importância dos Radialistas brasileiros fortalecerem a Comunicação, pois ela é essencial para a vida do ser humano. A apresentadora da Band, Juliana Guimarães, compareceu por ter muitos amigos presentes. “É um momento muito importante para os Radialistas, encontrar as famílias, compartilhar desse momento com os colegas”, afirmou.

Futebol society é sempre uma boa opção

A  festa realizou-se no clube da ABCD (Associação Brasileira dos Cronistas Desportivos), ao lado do parque de Pituaçu, tendo início pela manhã, com o torneio de Futebol Society e acabando no final da tarde. Na primeira partida JC Decaux  venceu Arfoc Bahia por WO (quando a equipe não comparece). A segunda partida foi TV Record x Tv Bahia. No primeiro tempo foi 4 x2 para  Record e no segundo 6 x 4 para Record. A terceira partida foi JC Decaux x Band.  No primeiro tempo foi 0 x 0 e no  segundo 1 x 1. A disputa foi para os pênaltys e JC Decaux venceu.  A TV Bahia e a JC Decaux disputaram o 3º lugar. No primeiro tempo deu 5 x 5 e no segundo 6 x 6. Decidiram nos pênaltys e a JC Decaux ficou com a colocação. A grande  final foi entre Record e Band. No primeiro tempo o resultado foi Record 1 x 0 Band e no segundo o placar foi Record 3 x 0 Band.

O Capitão do time da Record, o supercampeão, Danilo Nascimento, disse que adorou o jogo de bola e que é o segundo ano que conseguem o título. “O pessoal treina no fim de semana com alguns dos jogadores que estavam presentes hoje.  É uma felicidade  conseguir conquistar a vitória dentro de campo”, disse.
Alexandre Tourinho, capitão do time da Band, achou emocionante. “Jogamos com times grandes. A Record é um  supertime, portanto mereceu a vitória. Vamos nos preparar melhor para o ano que vem com nosso técnico Guimarães”.

Alisson Gomes, capitão do time da JC Decaux, achou interessante o terceiro lugar. “Não tínhamos perspectivas de chegarmos onde chegamos. Foi nosso primeiro ano. Gostamos muito”.

Árbitros são bastante preparados

O jogo contou com dois árbitros. Márcio Oliveira trabalhou profissionalmente como árbitro por 16 anos   e foi  árbitro pela Federação Alagoana. “Estou fazendo o que  gosto. Acho  que estou dando minha contribuição ao esporte.  Não quero parar. Se a parte física e a parte psicológica ajudar, não paro nunca”,  revelou. Emanoel dos Santos é formado em Educação Física e dá aulas. Foi árbitro profissional por 18 anos só de brasileiro, mais cinco  da Federação Baiana. “Tenho mais ou menos 30 anos de arbitragem. Meu pai já era árbitro de futebol”.

Os Radialistas assistem as partidas. Gritam, se emocionam.  Os técnicos berram instruções, elogiam, distribuem água. Os jogadores correm, chutam, marcam,  fazem faltas e gols. A festa segue animada depois do jogo e da distribuição de troféus. O almoço é uma deliciosa feijoada regada a muita cerveja, com a opção de água e refrigerante para os abstêmios. No final, um sorteio de 21 prêmios vem abrilhantar o dia. O primeiro prêmio foi uma bicicleta. O segundo, um micro-ondas e o  terceiro, um liquidificador. As empresas que doaram os presentes foram Ideia 3, Santo Guerreiro,  CNT Bahia, TV Baiana, Tudo FM, Rádio Piatã, Band e Tela Produtora.
Eduardo Brito, auxiliar técnico da TV Bahia, contou que é o primeiro ano que vem e está gostando muito. Jogou futebol, interagiu com os colegas. “A gente não se reúne nunca. É uma oportunidade única. Na empresa só falamos de trabalho. Hoje estamos conversando sobre várias coisas”.

Carlos Silva, cinegrafista da  TV Aratu,  veio nas três últimas festas  e se divertiu muito.   Desta vez não jogou futebol porque o time não se reuniu. “É bom para rever os amigos.  Só nos encontramos quando estamos fazendo matéria, trabalhando no carnaval. Devia ter mais de um dia do  radialista com festa por ano, porque damos um duro danado”.

Por Alessandra Aquino


Fonte: Sindicato dos Radialistas de Salvador
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
« voltar 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 avançar »


SEDE - Brasília DF
SCS QD. 06 Bloco A, Nº 141, Edifício Presidente sala 206/208 - CEP: 70.327-900 - Asa Sul, Brasília/DF
Telefone:(61) 3963-1065