Últimas Notícias
18/05/2016
RecNov apresenta proposta de acordo judicial
Do Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro

Record apresenta oficialmente uma proposta para acordo judicial, leia:
 
A Record, assumirá o compromisso, via instrumentos legais cabíveis a serem estudados com o departamento jurídico do sindicato, de assinar a CTPS de todos os empregados que produzem programas e novelas da Record e que, atualmente, trabalham em produtoras terceirizadas.
 
A Record pagará o valor de R$ 8.000,00 a título de indenização complementar, para cada um dos últimos 602 empregados demitidos que realizaram a homologação no sindicato dos Radialistas-RJ. Também estarão contemplados, os 8 ex-funcionários que foram demitidos no mesmo dia, que tinham menos de um ano de casa e que compareceram na assembleia do dia 27/04.
 
A Record custeará um plano de saúde de sua escolha para os casos pontuais dos trabalhadores que foram dispensados em período de tratamento de doença grave, sendo o sindicato, o responsável em apontar tais pessoas e viabilizar junto a empresa a lista com os nomes.
 
A diretoria do sindicato decidiu encaminhar a decisão para os próprios trabalhadores e está convocando uma assembleia para o dia 24 de maio, ás 21h, na subsede do sindicato, localizado na Estrada dos Bandeirantes 6471.
 
Ambas as partes solicitaram a suspensão temporária do processo até 30/05, ou até que o sindicato se manifeste sobre a decisão dos trabalhadores.
 
 
LEIA O RELATO DA REUNIÃO ENTRE SINDICATO E EMPRESA:
 
Em reunião realizada no dia 9 de maio, advogados do Grupo Record e dirigentes sindicais trataram das diretrizes da ação movida pelo sindicato contra a RecNov.
 
- Os advogados da empresa indagaram sobre qual seria a proposta dos trabalhadores.
 
- Os dirigentes sindicais, juntamente com o advogado do sindicato, apresentaram a proposta construída em assembleia aos representantes patronais e reforçaram que o entendimento dos trabalhadores é de que a negociação deve caminhar paralelamente a tramitação do processo, visto que os trabalhadores decidiram não abrir mão de multas impostas pela justiça.
 
- Os representantes da Record alegaram que, juridicamente, uma multa a favor dos trabalhadores só seria efetivada depois de todos os tramites do processo, o que poderia levar muitos anos. Informaram também que a Record gostaria de tentar um acordo que desse fim no processo e que avaliam o pagamento de uma quantia fixa em dinheiro a título de indenização complementar.
 
- Dirigentes sindicais reforçaram que independente da solução para os empregados demitidos, é impreterível que os radialistas que continuam trabalhando para os programas e novelas da Record sejam regulamentados, incluindo CTPS assinada e todos os direitos trabalhistas respeitados.
 
- A Record ficou de encaminhar por e-mail uma proposta objetiva nos próximos dias após a reunião.  


Fonte: Do Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 avançar »


SEDE - Brasília DF
SCS QD. 06 Bloco A, Nº 141, Edifício Presidente sala 206/208 - CEP: 70.327-900 - Asa Sul, Brasília/DF
Telefone:(61) 3963-1065