Últimas Notícias
16/12/2015
RecNov: sindicato do RJ persiste na luta
Vejam as ações que o sindicato está fazendo para garantir o respeito aos trabalhadores demitidos:
 
AÇÃO COLETIVA DE NULIDADE DAS DEMISSÕES (PE.0011775-03.2015.5.01.0044)
Tendo em vista que a empresa, por força de lei, deveria ter negociado através de um Acordo Coletivo, as condições nas quais as dispensas seriam feitas, o sindicato entrou com uma ação coletiva para anular as demissões da RecNov. Também foi protocolado no TRT-RJ, um mandato de segurança com o objetivo de sessar imediatamente as demissões, de forma que os trabalhadores seriam reintegrados até que a empresa negocie as condições de demissões.
 
AÇÃO DE REINTEGRAÇÃO DE TRABALHADORES COM ESTABILIDADE 
(PE. 0011623-87.2015.5.01.0000)
A RecNov demitiu dirigentes sindicais, cipeiros, empregados com menos de um ano de retorno do INSS, entre outros que possuem estabilidade provisória. Alguns desses trabalhadores já entraram com ação através do sindicato e uma liminar exigindo a reintegração já foi deferida pela justiça trabalhista.
 
INQUÉRITO CIVÍL PÚBLICO CONTRA AS TERCEIRIZAÇÕES (MPU/MPT nº: 3105.2013.01.000-8)
O sindicato denunciou as práticas ilegais da RecNov no Ministério Público do Trabalho e está municiando a procuradoria do MPT, que já está investigando as práticas de terceirização no Grupo Record e a Quarteirização nas produtoras contratadas pela empresa. No dia 10/12, o sindicato esteve presente no gabinete da procuradora Carina Bicalho (foto), relatando várias denúncias de irregularidades na RecNov.
 

 
RECNOV NÃO DÁ CONTA DE HOMOLOGAR TANTA GENTE E TENTA CULPAR O SINDICATO
Depois das demissões acontecerem no final de novembro, o sindicato reforçou o setor de homologações para que os trabalhadores possam receber o FGTS mais rapidamente. O sindicato está preparado para realizar 40 homologações diárias, porém, a chefe de RH da empresa se negou a homologar mais de 20 pessoas por dia. Para piorar a situação, tentando se desviar da revolta dos funcionários, a empresa está tentando se eximir da responsabilidade dos atrasos nas homologações. Alguns trabalhadores alegam ter recebido a informação de que o sindicato estaria se negando a realizar as homologações e por isso, as mesmas estariam atrasando. Lamentável!
 
O departamento Jurídico do sindicato alerta que a RecNov é uma das empresas que mais descumpre direitos trabalhistas. Por isso, os advogados do sindicato estão à disposição dos Radialistas que quiserem realizar uma consulta jurídica. Os sindicalizados podem mover ações trabalhistas sem qualquer custo ou porcentagem a ser dividida em caso de êxito.


Fonte: Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
« voltar 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 avançar »


SEDE - Brasília DF
SCS QD. 06 Bloco A, Nº 141, Edifício Presidente sala 206/208 - CEP: 70.327-900 - Asa Sul, Brasília/DF
Telefone:(61) 3963-1065